Se você é do mundo corporativo com certeza já ouviu falar em Jack Welch, CEO da General Eletric, uma carreira de mais de 40 anos e autor de inúmeros livros e, um deles é o Winning.

Nesse livro Jack Welch traz um conceito controverso conhecido como diferenciação. Ele aborda um tema sensível que é a forma com que os líderes devem diferenciar seus times através de análises de performance.

TOP 20% – Top talents need to be recognized – São os melhores da empresa, são reconhecidos e tratados como tal. Esses 20% trazem com eles os 5 “i” que iremos abordar nesta série.

Middle 70% – Manage this people with training, feedback e motivation – É a maioria dos colaboradores e que realmente faz a máquina girar. Precisa de um esforço e foco grande do líder para mantê-los motivados.

Bottom 10% – Should let go, they are people that you cannot excel – É aquele percentual de colaboradores que você necessita deixar ir, não tem sinergia alguma com seu negócio, time ou propósito e que está ali apenas queimando seu tempo e o dele.

Mais o quê esse conceito de Jack Welch tem a ver com o primeiro “i” da nossa série?

Bem, eu começo perguntando:

Como empreendedor, você tem exercido com maestria seu papel ou apenas investe seu dinheiro e espera que os outros façam por você o que você sonhou um dia?

Como marido, você tem exercido seu papel com maestria ou apenas usa um anel que demostra que você é casado?

Como professora, você realmente está educando ou apenas faz chamada em sala de aula?

Como servidor público, você está servindo a comunidade com suas competências ou apenas garantindo seu contracheque final do mês?

Como líder de equipe, você trabalha junto com seu time ou apenas dá ordens e cobra deles?

Como consultor de vendas você está aumentando sua carteira de clientes ou apenas tirando pedidos?

Se você não está fazendo o que foi mencionado para sua função, desculpa, mas você faz parte dos 10% que precisa ser convidado a ir embora.

Agora, para você ser indispensável e fazer parte dos top 20%, é necessário que desenvolva algumas competências.

Venha comigo na live amanhã 12/09 às 21h de Brasília e 20h de Toronto que estarei compartilhando o primeiro “i” das pessoas indispensáveis.

Tenho certeza de que nessa nova era digital, onde as tecnologias se desenvolvem de forma exponencial e rápida, você também vai querer se desenvolver e para ser tornar indispensável.

Você é indispensável?
Classificado como:        

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat